Apenas Embu da Artes continua com recadastramento obrigatório

Eleitores podem agendar atendimento pelo site do TRE: www.tre-sp.jus.br / Foto: Marcello Casal Jr/ABr

Eleitores podem agendar atendimento pelo site do TRE: www.tre-sp.jus.br / Foto: Marcello Casal Jr/ABr

Carol Nogueira

Para garantir a segurança na hora da votação a Justiça Eleitoral tem investido em diversas tecnologias. A mais recente é o Programa de Identificação Biométrica do Eleitor Brasileiro, que registra as impressões digitais dos eleitores. A ação deve impedir que uma pessoa tente se passar por outra durante a identificação na votação.

TRE recomenda o recadastramento em outras cidades

Na região oeste da Grande São Paulo apenas Embu das Artes está realizando o recadastramento biométrico obrigatório. Há cerca de um mês a Central de Atendimento já recebeu 14.803 votantes, 8,3% do total previsto que é de 178.270 eleitores. Por dia, aproximadamente 700 cidadãos passam pela Central.

O recadastramento será realizado até o dia 28 de fevereiro de 2014 para todos os eleitores da cidade, incluindo, jovens de 16 e 17 anos, idosos com mais de 70 anos e analfabetos. As pessoas que não fizerem o registro terão o título eleitoral cancelado.
Para facilitar o cidadão pode agendar o atendimento pelo site do TRE: www.tre-sp.jus.br e no dia marcado apresentar documento de identidade e comprovante de residência. A Central de Atendimento de Embu das Artes está localizada no Parque do Lago Francisco Rizzo, na rua Alberto Giosa, 320, Quinhaú e funciona de segunda a sexta das 8h30 às 17h.

Osasco também está realizando a biometria, porém os eleitores não são obrigados a fazer o recadastramento e não serão identificados pelas digitais nas eleições de 2014. A Justiça Eleitoral recomenda que as pessoas façam a revisão para evitar filas futuramente.

O recadastramento biométrico foi lançado em 2008 em três cidades e estados diferentes. Este ano iniciou a terceira etapa do programa visando as eleições de 2014. A meta é recadastrar mais de 22 milhões de eleitores, segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral. Atualmente, 7 milhões já foram recadastrados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Google+