11 de cada 100 pacientes com covid-19 em Osasco morrem, segundo dados do governo estadual

0
covid osasco
O Hospital Municipal Antonio Giglio, em Osasco / Foto: Lana Alves / Visão Oeste

Osasco tem uma das maiores taxas de letalidade pela covid-19 na Grande São Paulo. De acordo com dados da Secretaria de Estado da Saúde, o índice é de 11,4%, ou seja, 11 a cada 100 pacientes acometidos pela doença no município morrem. Os dados são referentes à semana passada.

publicidade

Até o momento são mais de 300 mortes pela covid-19 em Osasco. O prefeito Rogério Lins apresentou, nesta segunda-feira (1º), dados que apontam que o número de óbitos no município seria muito maior se não fossem adotadas as medidas de isolamento social.

“Se não tivéssemos adotado essas medidas, embasada pela vigilância epidemiológica, 6.241 pessoas haveriam perdido suas vidas em Osasco”, declarou o chefe do Executivo osasquense.

publicidade
covid osasco
Divulgação / Prefeitura de Osasco

De acordo com levantamento divulgado pela administração municipal na semana passada, os bairros com “extremo risco” de covid-19 são: Munhoz Jr., Novo Osasco, Centro, Jaguaribe, Ayrosa, Veloso, Vila Menck, Vila Yolanda, Jardim Elvira e Santa Maria. Também há alto risco em bairros como Bandeiras, Continental, Vila Yara, Helena Maria, Km 18 e Santo Antônio, entre outros (confira a lista abaixo).

publicidade

Taxas de letalidade da covid-19 na região:

Enquanto a taxa de letalidade da covid-19 em Osasco é de 11,4%, de acordo com dados do governo do estado, em Barueri o índice é de 10,7%. Cotia, com 8,4%, Carapicuíba, 7,4%, e Jandira, 6,3%, vêm em seguida.

A cidade da região com o maior índice de letalidade pela covid-19 é Itapevi, com 12%, ainda de acordo com dados do governo estadual. O município com a menor taxa é Santana de Parnaíba, com 3,2%.

Na Capital paulista, o índice de letalidade é de 7%. O levantamento completo pode ser conferido neste link.

Comentários