13 anos de Lira dos Autos

0
Cirandas, bumba-meu-boi são algumas das intervenções / Foto: Divulgação

Cirandas, bumba-meu-boi são algumas das intervenções / Foto: Divulgação
Cirandas, bumba-meu-boi são algumas das intervenções / Foto: Divulgação

publicidade

William Galvão

O grupo osasquense de cultura popular Lira dos Autos completa neste mês seus 13 anos de vida. Em atividade desde 2000, o grupo tem promovido intervenções artísticas voltadas à cultura nordestina, em especial a pernambucana, com apresentações que levam às ruas as típicas cirandas, o bumba-meu-boi, dança de fita, alfaia, samba de roda, entre outras.

Grupo promove a resistência da cultura nordestina

publicidade

Atualmente com 15 integrantes, a Lira dos Autos já chegou a ter mais de 30 pessoas envolvidas. Segundo o criador do “Auto de Natal”, uma das manifestações populares da companhia, Genivaldo de José, dentro do grupo não há funções específicas hierárquicas. “Aqui todo mundo faz de tudo, cenário, figurino, quase tudo. É uma grande mistura”, diz.

Os três principais eventos do grupo são o “Auto de Natal”, que acontece todo mês de dezembro, a “Fulana dos Três Santos”, todo mês de junho e o “Auto da Paixão”, em abril. “Nós buscamos fazer as misturas, no caso do Auto de Natal a gente conta a história do nascimento de Cristo e colocamos toda a coisa do Nordeste, toda essa mistura, de forma diferente”, explica Genivaldo.

publicidade

O grupo é um dos poucos de resistência e promoção da cultura nordestina na região. Ao lado da companhia, somam forças as manifestações da cultura maranhense no Morro do Querosene, no Butantã, e alguns grupos menores em Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus.

Em dezembro, do dia 6 ao 10, a Lira dos Autos entra em turnê e passa por algumas cidades do interior paulista. Na volta, dia 14 de dezembro, o grupo realiza uma intervenção artística no Calçadão da rua Antônio Agu e no dia 15, a levam ao Jardim Cipava, também em Osasco.

Comentários