“1º ano será de dificuldade financeira”, diz prefeito eleito

Vitória// Prefeito eleito diz também que 2017 será ano de dificuldades financeiras

0
Eleitores de Rogèrio Lins comemoram vitória em ato em frente à prefeitura / Foto: Reprodução

Eleito prefeito de Osasco na eleição de domingo, 30, com 61,21% dos votos válidos (218.779 votos), Rogério Lins (PTN) diz que uma de suas primeiras ações como chefe do Executivo municipal será buscar medidas para “fazer a máquina pública funcionar melhor”.

publicidade

“A partir do dia 1º de janeiro [pretendo] investir administrativamente para os serviços da cidade funcionarem melhor. A gente tem que fazer a máquina pública funcionar melhor”, declarou, em pronunciamento logo após a confirmação da vitória.

“Nós vamos rever todos os contratos da cidade, para a gente não admitir que a cidade tenha contratos que não cumpram um bom preço, prazo e qualidade”, completou.

publicidade

Lins reafirmou que vai buscar diálogo com o atual prefeito, Jorge Lapas (PDT), que obteve 38,79% dos votos válidos (138.625 votos), em busca de uma transição de governo “tranquila”. “É momento de unificar todas as forças políticas por amor a Osasco”, declarou o prefeito eleito.

Após uma campanha marcada por troca de ataques, principalmente no segundo turno, Lins declarou que “não existe mais adversário, é momento de unificar. O que ficou na campanha fica para trás, faço política olhando para a frente, para o futuro”.

publicidade

Em busca de ter maioria na Câmara Municipal durante seu mandato, Rogério Lins afirmou que pretende iniciar rapidamente as conversas com os vereadores eleitos. Lins é o primeiro prefeito a ser eleito no exercício do mandato de vereador.

Na terça-feira, dia 1º, discursou na sessão da Câmara e admitiu dificuldades em 2017. “O primeiro ano de mandato vai ser de muita dificuldade financeira. Todas as cidades passam por dificuldades financeiras”, disse.

Ele voltou a fazer um discurso de união e pediu uma transição “tranquila e madura”. Além de união, o discurso foi de agradecimento.

Além da família e equipe, fez menção aos ex-prefeitos Francisco Rossi, que coordenou sua campanha, e do tucano Celso Giglio, a quem chamou de “sempre prefeito”.

O prefeito eleito
Casado com Aline Soares Lins, pai de duas meninas, formado em Direito, o prefeito eleito de Osasco, Rogério Lins, de 38 anos, é nascido e criado no município.

Em 2004, foi diretor de Recreação e Lazer na Secretaria de Esportes. Em 2008, tornou-se o vereador mais jovem da cidade, sendo reeleito em 2012 com uma das maiores votações.

Rogério Lins também foi secretário da Indústria, Comércio e Abastecimento. Em 2014, obteve a maior votação para deputado federal em Osasco daquela eleição (41.522 votos no município, de um total de 53.380 votos), tornando-se o primeiro suplente do PTN.

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCPI da Merenda pede acesso a depoimentos
Próximo artigoVisão Atenta