Início Cidades 60% dos comércios de Osasco estão irregulares, diz secretário

60% dos comércios de Osasco estão irregulares, diz secretário

0

De acordo com o secretário de Segurança de Osasco, Valdeci Magdanelo, um levantamento da prefeitura de Osasco revelou algum tipo de irregularidade em mais da metade dos estabelecimentos comerciais de Osasco.

publicidade

“A gente chegou à conclusão, por pesquisa, de que há uma média de 60% de comércios dos mais variados tipos irregulares”, declarou, ao Visão Oeste.

Segundo ele, a secretaria já identificou e encaminhou para investigação até mesmo ocorrências de Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) falsificados. “Como é que pode alguém com um bar noturno, um forró, ou onde tem uma música à noite, que não tem a AVCB, o alvará dos Bombeiros? É de suma importância”, destaca Magdanelo.

publicidade

“Pode haver um acidente, uma morte, um incêndio… Os Bombeiros fiscalizam e, quando eles autorizam, está legalizado. Agora aqui querem fazer de qualquer jeito. O cara monta um bar, lanchonete, monta danceteria, e vai tocando o barco. Depois, se alguém reclamar, é que vai procurar legalizar. Tem que ser o contrário”, disse.

Além de orientar os donos de estabelecimentos a denunciarem as ocorrências concretas, o secretário defendeu o papel da fiscalização. “Não há caça às bruxas, não. Ninguém quer prejudicar ninguém. Queremos que as pessoas entendam que nós queremos que a população esteja protegida de maus comerciantes. E a fiscalização é fundamental. Inclusive, vai aumentar o número de fiscais”, ressaltou, referindo-se ao concurso público de Osasco.

publicidade

Magdanelo reconhece que a função do fiscal, ou do policial, pode incomodar ou assustar, “porque que ele quer mostrar como fazer a coisa certa”.

Mas reforça que, tanto nos casos de denúncias concretas contra fiscais que extrapolarem suas funções, quanto de comércios que reincidirem em irregularidades, não haverá trégua. “A filosofia do governo é de não passar mão na cabeça. Não tem moleza não: aqui pau que bate em Chico bate em Francisco”.

Comentários