70 anos de CLT

0

*Jorge Nazareno

publicidade

Este 1º de Maio é ainda mais especial para nós, trabalhadores, porque comemoramos os 70 anos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), ou seja, da legislação trabalhista que dá base e norteia a relação entre trabalhadores e empregadores em nosso país.

Ainda que muitos falem que a lei esteja “ultrapassada”, é ela que resguarda os trabalhadores de muitos abusos que ainda hoje alguns empregadores insistem em quererem cometer. Não é incomum o desrespeito à jornada de trabalho, férias, pagamento de 13º salário etc., direitos que, por estarem garantidos pela CLT, é que têm como ser cobrados.

publicidade

Aos sindicatos, cabe o papel de zelar por esse cumprimento e de também lutar para que os direitos previstos na lei sejam ampliados, daí a existência de Convenções e Acordos Coletivos.
Mas essa responsabilidade tem de ser dividida cada vez mais com o Poder Público e com os empregadores, pois, se queremos ser autenticamente desenvolvidos, temos de respeitar e fazer valer os direitos dos trabalhadores, incluindo mulheres, negros, jovens, pessoas com deficiências.

Essa é uma preocupação permanente do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região, que completa, em julho de 2013, 50 anos de história de atuação pela defesa e ampliação das leis trabalhistas.

publicidade

* Jorge Nazareno – presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região e membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Presidência da República

Comentários