A tradição armênia do Esfihas Dozza

0

13---dozza-kibe-divulgaçãoWilliam Galvão

Na contramão dos pasteurizados restaurantes fast food especializados em comida asiática, que utilizam como referência a cozinha árabe, em Osasco, um dos estabelecimentos mais tradicionais da cidade construiu seu sucesso de geração em geração e é um dos mais atrativos do ramo na região. Em atividade desde 1956, o Esfihas Dozza é baseado na culinária armênia e foi idealizado pelo Sr. Dozza e sua esposa Isabel, que são filhos de imigrantes armênios. Atualmente, a casa é administrada por filhos, genros e netos do casal.

Restaurante tem 2 unidades em Osasco e 1 em Alphaville

Além das tradicionais esfihas de queijo e carne, o Dozza tem um cardápio que inclui kibes, espetos, porções, pratos com charutos, kaftas e a famosa batermá com ovo, uma carne seca armênia. Tem ainda sobremesas como os ninhos de damasco, nozes ou pistache. “Quem come essa esfiha, não quer saber de nenhuma outra, é a melhor que já comi”, diz a estudante Viviane Silva, frequentadora do estabelecimento. Segundo um dos administradores do restaurante, Renato Dozza, o diferencial das esfihas é “o tempero tradicional, mais caseiro e menos industrializado. A gente tem 57 anos de tradição, fazemos um trabalho mais artesanal”, explica.

Publicidade

13---dozza-divulgDe acordo com Renato, outro prato bastante procurado na casa é kibe cru. “Que é uma coisa que você tem que tomar cuidado, não pode comer em qualquer lugar por que a carne crua tem alguns cuidados na hora de armazenar e tem restaurante que não os toma”, disse. Quem pretende comer no Dozza, paga R$ 3,90 por cada esfiha. A média de preços de uma refeição completa fica entre R$ 20 e R$ 30.
O Esfihas Dozza tem duas unidades em Osasco, o restaurante tradicional em Presidente Altino e um delivery no Jardim Adalgisa. Recentemente, foi inaugurado um restaurante e delivery em Alphaville, Barueri. A nova casa é direcionada a um público mais comercial, possui serviço de vallet pago e é um pouco maior que a de Altino.

ESFIHAS DOZZA
Osasco:
seg. à sáb., das 12h às 22h /rua Armênia, 468 / Tel: 3681-9779
Delivery Osasco: seg. à sáb., das 17h às 22h30 / rua José Arístides Jofre, 11/ Tel.: 3651-4000
Alphaville
seg. à sab., das 12h às 22h /delivery, a partir das 18h – alameda Araguaia, 2.190. Tel: 4208-5001

Homenagem ao povo armênio

Um dos piores massacres do século XX, o genocídio que vitimou 1,5 milhão de armênios completou 99 anos na quinta, 24. O holocausto foi promovido pelo partido Comitê União e Progresso, sob a influência do grupo denominado Jovens Turcos, que matou ou deportou os armênios que viviam no território do Império Otomano, na Ásia Menor. Dentre os países em que esses povos foram reconstruir suas vidas está o Brasil.
O prefeito de Osasco, Jorge Lapas (PT), em solidariedade à data, postou um texto no Facebook. “Um povo admirável, a comunidade armênia, mesmo depois de um dos piores acontecimentos do século XX, continua a sua busca pela paz e a prosperidade no mundo”.

Comentários