A vez dos relógios inteligentes

0
Moto 360

Depois dos smartphones e das smartvs, aparelhos com conexão com a intenet, as marcas do setor tecnológico têm investido em outra novidade: os chamados smartwatches, ou relógios inteligentes. Na quarta-feira, 5, a Motorola lançou no Brasil o Moto 360 pelo preço de R$ 799 que, por enquanto, só pode ser comprado no site da marca.

publicidade

Moto 360 custa R$ 799; Gear S R$ 1.499

O Moto 360 foi lançado com duas opções de cores: cinza e preto. Ele roda o sistema operacional Android Wear, com armazenamento interno de 4 GB e 512 MB de memória RAM, além de resistir à água. Os destaques são que ele responde à voz do dono no controle de tarefas, monitora batimentos cardíacos e é atualizado com informações instantâneas de acordo com sua localização, como previsão do tempo, alertas de vôo e trânsito.

publicidade

Principal concorrente da Motorola neste segmento, a Samsung lançou na terça-feira, 4, o Gear S, a terceira geração de seu relógio inteligente, agora com tela curva, sistema próprio e conexão 3G, a um custo bem maior: R$ 1.499. O gadget tem memória de 4GB, fones Bluetooth e o sistema operacional é o Tizen. Também leva aplicativos de saúde, comando de voz via S Voice, envio e recebimento de mensagens e e-mail, teclado Qwerty. O smartwatch Samsung estará disponível nas lojas a partir deste domingo, 9.

Com inicio das vendas nos Estados Unidos nesta sexta-feira, 7, o MB Chronowing, da HP, terá sistema compatível com Android e também iOS. Projetado pelo designer Michael Bastian, o relógio estará disponível em duas versões: uma de 350 dólares e uma limitada a 300 exemplares por 650 dólares, com vidro Safira e pulseira em couro de crocodilo. Sem tela sensível ao toque, a navegação é feita pelos botões na lateral. Segundo Bastian, a intenção é a discrição. No Brasil, ainda não tem data para chegar.

publicidade

Anunciado em setembro, mas com previsão de lançamento somente em maio de 2015, o relógio da empresa da maçã, o Apple Watch, ainda carrega mistérios. No anúncio, havia sido mencionado um preço inicial de 349 dólares. A empresa não divulgou informações, mas especulações apontam que a Apple teve problemas no processo de design e fabricação do dispositivo. Uma grande dúvida é a duração da bateria e a incapacidade de bater concorrentes como o Moto 360.

Motorola lança Moto Maxx

A Motorola lançou também nesta semana seu novo smartphone topo de linha: o Moto Maxx, com configurações bem robustas se comparadas à sua bem sucedida linha Moto X. O smartphone chega para disputar com os tops de mercado da concorrência, com hardware de fazer inveja: câmera de 21 megapixels, capacidade de captação de vídeos em 4K, resolução de 565 pontos por polegada da tela (de 5,2 polegadas), processador Snapdragon, da Qualcomm, capacidade de armazenamento de 64 GB. O preço sugerido, de R$ 2,2 mil, ainda ganha fácil dos rivais no mesmo nível.

Comentários