Abandono de terreno da Unifesp volta a ser tema na Câmara de Osasco

0
Vizinhos sofrem com despejo irregular de entulho e lixo e insegurança na área / Foto: Eduardo Metroviche

O estado de abandono do terreno da Unifesp em Osasco, como mostrou reportagem do Visão Oeste, voltou a ser tema durante sessão na Câmara de Osasco nesta terça-feira, 11.

publicidade
Vizinhos sofrem com despejo irregular de entulho e lixo e insegurança na área / Foto: Eduardo Metroviche
Vizinhos sofrem com despejo irregular de entulho e lixo e insegurança na área / Foto: Eduardo Metroviche

O vereador Valdir Roque (PT) leu a resposta de uma carta que ele enviou à direção da Unifesp com críticas às condições da área, na qual é frequente o despejo irregular de entulho e lixo, entre outros problemas. Há duas semanas, o petista já havia sido a tribuna para reclamar das condições do terreno.

A direção da Unifesp reafirmou ao vereador o que havia adiantado à imprensa. O terreno deve ser cercado até abril e a primeira fase da obra está prestes a entrar em fase de licitação, segundo o relato do parlamentar.

publicidade

“Esperamos que, desta vez, os novos prazos não só sejam cumpridos como sejam acelerados, visto que já enfrentamos um atraso grande no local”, afirmou Valdir Roque.

publicidade

Comentários