Acabou o gás?

0

Palmeiras encara final como chance de salvar o ano / Foto:  Cesar Greco/Ag Palmeiras-Divulgação
Palmeiras encara final como chance de salvar o ano / Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras-Divulgação

publicidade

Distante do G4 no Brasileirão e com o arquirrival Santos como grande favorito na final da Copa do Brasil, o palmeirense torce por uma melhora no desempenho do time nos últimos jogos para não terminar mais um ano frustrado.
Parece ter acabado o gás daquele time que deu uma grande arrancada rumo ao G4 no Brasileirão e chegou à decisão da segunda principal competição do país.
Contra o Atlético-PR, após um primeiro tempo ruim, o Verdão voltou bem e virou na segunda etapa. Mas o turbulento fim de jogo mostrou um elenco à flor da pele às vésperas de encarar a embalada molecada do Santos em dois jogos que valem o ano. Diversos jogadores e até o técnico Marcelo Oliveira andam cada vez mais contestados no Palmeiras.
É de se pensar também se é bom mesmo para o clube ter um presidente-torcedor-bilionário comandando tudo. Nobre trata o Palmeiras como um time no videogame: escolhe jogador, tira dinheiro do bolso como se não fosse nada e compra. Só esse ano foram mais de 20 reforços, boa parte de qualidade duvidável. E o planejamento? E as dívidas que ficarão após a gastança de Nobre?

publicidade
Comentários