Açougueiro é executado na garagem de casa em Carapicuíba

0
açougueiro morto carapicuíba
Foto: reprodução

A polícia procura pelo assassino do açougueiro Elmo de Souza, de 50 anos, executado na garagem de casa antes de sair pela manhã rumo ao trabalho, na quinta-feira (18), no bairro Cidade Ariston III, em Carapicuíba.

Elmo levou dois tiros, um deles no rosto e morreu antes de ser socorrido. A viúva, Ana Cristina, relatou os momentos de terror vividos na manhã de quinta: “Ele me deu tchau, me deu um beijo e foi. Aí eu escutei ‘pá, pá, pá’… só que eu pensei que era moto. Olhei pela janela e, no que eu olhei pela janela, vi só a perua [de Elmo]. Pensei que ele estivesse conversando com um homem aqui. Olhei, olhei e vi que começou a encher de gente. Aí uma vizinha lá da frente gritou: ‘seu marido está caído na garagem’. Não vi que era tiro, pensei que ele tinha desmaiado, passado mal. Aí, os vizinhos me seguraram porque já tinham visto que ele já estava morto”, contou ela, em entrevista à Record TV.

O açougueiro era muito conhecido no bairro, como Elmo Shallon, e chegou a ser candidato a vereador na última eleição. Ele deixa mulher, três filhos e um neto.

Publicidade

De acordo com testemunhas, o assassino estava em um carro prata em frente a casa de Elmo aguardando ele sair. Ele atirou e fugiu.

A família suspeita do envolvimento de um ex-vizinho do açougueiro no crime. Os dois tiveram uma briga séria há mais de um ano devido à construção de um muro que teria invadido o terreno de Elmo. Na época, o ex-vizinho chegou a disparar um tiro contra ele, mas não o acertou.

Comentários