Acusado de chamar adversário de “macaco”, goleiro do Oeste, de Barueri, é punido

0
O goleiro Rodolfo, do Oeste / Foto: reprodução

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) puniu, na terça-feira, 14, o goleiro Rodolfo, do Oeste, de Barueri, por injúria racial contra o zagueiro Messias, do América-MG.

Por supostamente ter chamado o adversário de “macaco” durante a partida, pela 27ª rodada da Série B, Rodolfo foi punido com cinco jogos de suspensão e multa de R$ 5 mil. Seu time ainda pode recorrer da decisão.

O Oeste nega que Rodolfo tenha chamado o adversário de “macaco”. “Nós, do Oeste FC, repudiamos totalmente qualquer tipo de discriminação e garantimos que nosso atleta não teve essa atitude. Rodolfo, de cor negra, é totalmente contra o racismo, além de ser um profissional de conduta exemplar no dia a dia do clube”, declarou, em nota oficial.

Publicidade

Já o América manifestou “indignação por conta da injúria racial sofrida neste domingo pelo zagueiro Messias”.

A duas rodadas do fim da Série B, o Oeste briga por uma vaga no G4. O clube ocupa a sexta posição, com 58 pontos, dois a menos que o Paraná, que completa a zona de acesso à Série A do Brasileirão.

Nas próximas rodadas, o Oeste encara o ABC-RN, neste sábado, 18, fora de casa, às 17h30, e o Goiás, dia 25, na Arena Barueri, às 17h30.

Comentários