Adolescente e seu pai denunciam importunador sexual que age no Walmart Osasco

Adolescente e seu pai denunciam importunador sexual que age no Walmart Osasco

5
Compartilhar
Reprodução/Portal "Notícias de Osasco e Região"

Um jovem de 14 anos e seu pai denunciam um suposto importunador sexual que tem agido no Walmart Osasco. O garoto disse que foi vítima de importunação sexual quando usava o banheiro do hipermercado no dia 28 de fevereiro. “Quando eu olho para cima, vejo que tem um homem olhando para mim na cabine”, relatou, ao portal Notícias de Osasco e Região.

Publicidade

Quando ele e o pai foram relatar o caso ao segurança, funcionários que trabalham no local teriam dito que não era a primeira vez que aquilo ocorria – mas que eles eram os primeiros que denunciavam -, e que o acusado ia para o banheiro do estabelecimento todo dia, por volta das 7h.

“É inadmissível você estar dentro de um espaço e ser importunado como meu filho foi”, afirmou Maurício Aparecido Antônio, pai do adolescente. “O segurança falou que isso não era a primeira vez, que acontecia todo dia. Que todo dia, a partir faz 7h esse indivíduo estava aqui. Ele esperava o supermercado abrir e ia para dentro do banheiro”.

“Choca a conivência, porque a coisa estava acontecendo já há algum tempo e ninguém fez nada”, continuou o pai, que registrou um boletim de ocorrência após o episódio.

O adolescente relatou, ao portal, como ocorreu a importunação, enquanto usava uma das cabines do banheiro. “Quando eu olho para cima, vejo que tem um homem olhando para mim na cabine. Perguntei o que ele estava fazendo, ele respondeu: ‘desculpa, mano’. Aí eu olhei novamente, ele continuava olhando para mim. Aí, chamei meu pai (que aguardava no estacionamento) pelo WhatsApp. Enquanto ele (o pai) vinha, ainda deu tempo de o homem continuar olhando”.

Publicidade

“Meu pai ficou bastante nervoso. A gente comunicou o segurança e o próprio segurança relatou que não tinha sido a primeira vez e que éramos as primeiras pessoas a fazer denúncia. O cara passou do nosso lado, saiu e o supermercado não tomou providência”, contou.

A reportagem entrou em contato e aguarda uma posição da assessoria do Walmart sobre o caso.

Compartilhar


Comentários

5 Comentários

  1. Gente de suposto não tem da,meu marido e eu costumamos frequentar o Wallmart Osasco,certa ele foi até o banheiro e eu e nossos filhos esperamos dentro do mercado,ele voltou assustado e chocado,havia me dito que foi assediado por m cara no banheiro e que o cara estava espionando por cima da cabine,acionam os a polícia mas ele já havia fugido,alguma providência tem que ser tomada,ou estão esperando pelo pior?? Tem câmeras suficientes,não devem se atentar so com os trombadinhas não!!!

  2. Penso que seria algo fácil de solução e punição pois a partir da denuncia no mesmo momento “A segurança poderia convidá-lo a comparecer na sala de vigilância (local de filmagens das câmeras), estabelecer o horário e fazer o reconhecimento dessa pessoa saindo do banheiro “fazer uma foto e alertar a segurança e funcionários,dessa forma idêntificar, abordar e deter o sujeito”…Essa seria uma atitude de pronto atendimento daí então acionar a polícia encaminhando as partes para o DP….MAS FAZEM CORPO MOLE E NÃO TOMAM ATITUDES QUE PODERIAM MINIMIZAR ACONTECIMENTOS COMO ESSES E OUTROS E COM CERTEZA PRESERVAR A IMAGEM DO HIPER MERCADO.

  3. Mediante relato do segurança bem que caberia um processo mesmo , e se o acusado tivesse atacado o adolescente….
    A verdade é que ninguém está nem aí , com ninguém !

  4. Isto acontece com frequência em quase todos banheiros de estações da com do metrô isto E Muito comtransgedor

  5. Agora imagina se entrasse uma criança sozinha?ele ia molestar a mesma.
    Por isso qdo acontece uma tragédia maior,falam a coitadinho era um senhor.
    Além do vagabundo maníaco ser preso,o Walmart tem q ser processado também.

Faça seu comentário

Mais notíciasPrefeitura de Carapicuíba abre mais um concurso público
Mais notícias“Não sou drogada”, diz Lexa após Guimê ser detido com maconha