Agentes de trânsito terão aumento no salário e no adicional em Osasco

Agentes de trânsito terão aumento no salário e no adicional em Osasco

1
Compartilhar
Avenida Walter Boveri
Foto: Marcelo Deck

Os agentes de trânsito de Osasco devem ter aumento no salário e no adicional de risco de vida, estabelece projeto de lei enviado pelo prefeito Rogério Lins à Câmara Municipal. O Projeto de Lei Complementar 19/2019 altera o salário-base destes servidores de R$ 1.373,70 para R$ 1.590,24. Além disso, o adicional sobe de 35% para 70%.

Ou seja, o vencimento dos agentes de trânsito osasquenses deve passar da casa de R$ 1,8 mil para R$ 2,7 mil se a aprovação da proposta for confirmada.

A administração municipal conta atualmente com 83 agentes de trânsito em seu efetivo. A medida deve gerar um impacto de R$ 307 mil por ano ao município.

Publicidade

“A administração está trabalhando para a valorização do servidor, buscando a excelência no serviço público, refletindo em maior qualidade no atendimento da população. O PIB de Osasco é o segundo do estado e o oitavo do país, sendo uma das remunerações mais baixas entre os agentes de trânsito dos municípios de mesmo porte”, afirma Rogério Lins na Justificativa da proposta.

“Portanto, pensando na importância do trabalho dos agentes de trânsito na mobilidade urbana e na preservação da vida, na redução dos acidentes de trânsito, no risco de vida ao qual esses servidores são submetidos todos os dias, pela primeira vez a gestão municipal vai corrigir uma diferença histórica, majorando o adicional de risco de vida dos agentes de trânsito de 35% para 70%, gerando isonomia entre as categorias que já recebem o referido adicional na Prefeitura de Osasco (ex: Defesa Civil 70% / Vigias 70%)”, completa o prefeito.

Compartilhar

Comentários