Alckmin diz que multa para consumidores foi aprovada

0
Criticada por órgãos de defesa do consumidor, possibilidade de multa deve valer em junho / Foto: Eduardo Metroviche

Criticada por órgãos de defesa do consumidor, possibilidade de multa deve valer em junho / Foto: Eduardo Metroviche
Criticada por órgãos de defesa do consumidor, possibilidade de multa deve valer em junho / Foto: Eduardo Metroviche

publicidade

Na quarta-feira, 30, o governo Geraldo Alckmin (PSDB) afirmou que a Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp) aprovou a proposta de multar em 30% quem aumentar o consumo de água na Grande São Paulo. Apesar do pronunciamento, a agência ainda não se manifestou.

Até quinta-feira, 1º, o volume acumulado no Sistema Cantareira tinha caído para 10,5%, baixa de 0,2 ponto percentual em relação ao dia anterior, que tinha 10,7%. Com pronunciamento feito no dia 22 de abril, a proposta de Alckmin passa agora pela Procuradoria-Geral do Estado antes de entrar em vigor. A ideia, segundo o governo, é começar a multar os clientes da Sabesp em junho.

publicidade

O cálculo deverá ser feito a partir da média de consumo mensal realizado em 2013. Conforme explicou o secretário de Saneamento e Recursos Hídricos, Mauro Acre, haverá exceções como o caso de famílias que ganharam novos membros, por exemplo, que deverão ser avaliados um a um. Segundo a Sabesp, em abril 19% dos consumidores abastecidos pelo Sistema Cantareira aumentaram o consumo de água em 81%.

publicidade
Comentários