Alta nos preços de imóveis desacelera e fica abaixo da inflação

0

Mercado imobiliário cresce em menor ritmo em 2014 / Foto: Sxc.hu
Mercado imobiliário cresce em menor ritmo em 2014 / Foto: Sxc.hu

publicidade

A desaceleração do mercado imobiliário tem feito com que os preços dos imóveis subam em ritmo mais lento que o dos últimos anos, mostra levantamento da Fipe em parceria com o portal Zap Imóveis, divulgado esta semana.

De acordo com o índice FipeZap Ampliado, em maio deste ano a alta do preço médio do metro quadrado anunciado no Brasil desacelerou pelo sexto mês consecutivo.
O índice, que acompanha o preço dos imóveis em 16 cidades, registrou aumento de 11,7% em comparação com o mesmo mês de 2013. Mas, no ano, a alta é de 2,98%, ficando abaixo da inflação acumulada de 2014 (3,32%).
O coordenador do FipeZap, Eduardo Zylberstajn, disse, segundo o portal R7 que os dados são “um sinal de que vivemos um momento no mercado imobiliário bem diferente do que víamos até o ano passado”.
A variação abaixo da inflação em 2014 ocorreu em oito dos 16 municípios analisados. No entanto, em São Paulo, a alta foi de 3.59% e ficou ligeiramente acima da inflação.

publicidade

Zylberstajn apontou que, depois do boom de preços dos últimos anos, a desaceleração nos preços no mercado imobiliário era “natural de se esperar”. Entre os fatores para a desaceleração nos preços estão demanda mais tímida, desaceleração no crescimento e até mesmo queda de confiança no mercado. “A escalada de preços nos últimos anos não era algo comum”.
Ainda de acordo com o levantamento, o Rio de Janeiro tem a média de m² mais caro: R$ 10.609, acompanhado por Brasília (R$ 8.136) e São Paulo (R$ 8.060).

publicidade
Comentários