Aluisio Pinheiro: Quem matou os 19?

0
Aluisio Pinheiro - vereador pelo PT, líder do governo na Câmara Municipal de Osasco

Aluisio Pinheiro - vereador pelo PT, líder do governo na Câmara Municipal de Osasco
Aluisio Pinheiro – vereador pelo PT, líder do governo na Câmara Municipal de Osasco

publicidade

No próximo dia 13, completa um mês da chacina que matou 19 pessoas em Osasco e Barueri. E até o momento uma pergunta não foi respondida pela Secretaria de Segurança do Estado, responsável pelas investigações: “Quem matou os 19?”.

Um único dado apresentado até agora é a identificação de um suspeito, um policial militar que está preso. As investigações sobre a chacina prosseguem sob sigilo, e as famílias, sem resposta à pergunta, choram pelos seus entes queridos que tiveram suas vidas interrompidas em função de uma violência crescente, cada dia mais cruel, principalmente com a população mais pobre.

publicidade

As informações que chegam são as publicadas pela imprensa, apesar de serem pouco profundas quanto a gravidade da chacina. E as novidades repassadas pelos jornais são sempre as piores, desde as que testemunhas tiveram seus nomes revelados e sofrem ameaças de morte, até a de que as policias civil e militar fazem investigações paralelas, com dados desencontrados. Para o secretário de Segurança Pública, Alexandre de Moraes, o que é publicado não tem a menor relação com a realidade.

Mas questionado na Assembleia Legislativa, no último dia 2, na qual estive presente, sobre os verdadeiros dados, Alexandre de Moraes foi evasivo e nada de novo apresentou aos deputados. Não respondeu ao menos se os crimes foram cometidos por agentes de segurança pública ou pelo crime organizado. “Estamos checando todas as possibilidades”, frase dita por ele e que resume a letargia das investigações.

publicidade

Inclusive, cobrei de Alexandre de Moraes mais segurança para a cidade dias antes dos assassinatos, durante encontro ocorrido na Secretaria de Segurança.

Diante do que foi até agora apresentado pelo Estado, nesse um mês de investigação, a sensação de impunidade bate à porta das famílias que tentam se reerguer após perderem seus parentes. A lentidão, sem nenhum dado novo, cria essa sensação que alimenta uma rede de crimes, que mal elucidados pela policia de São Paulo, proporciona um estado de medo, terror e dor, como a que a população de Osasco e de Barueri sentem nesse momento. Sem que haja uma resposta de “Quem matou os 19?”, a barbárie prosperará.

Comentários