Início Cidades Amigos lamentam a morte de artista de Osasco Maria da Paixão: “tristeza...

Amigos lamentam a morte de artista de Osasco Maria da Paixão: “tristeza sem fim”

0
maria da paixão osasco
Paixão faleceu nesta sexta-feira (18) / Foto: Reprodução/Redes Sociais

Morreu nesta sexta-feira (18) Maria da Paixão de Jesus, a Paixão, um dos ícones da arte e cultura de Osasco, aos 68 anos. A informação foi divulgada pela Cia Teatro dos Ventos, que não revelou a causa da morte.

publicidade

Nas redes sociais, amigos e admiradores se despediram da artista. “É com muito pesar que a Cia Teatro dos Ventos comunica o falecimento da atriz Maria da Paixão. Com uma impressionante carreira artística, iniciada em Osasco, no começo da década de 1970, Maria da Paixão participou de diversas peças, novelas, filmes e propagandas”, disse, em nota, a companhia de teatro.

“Por sua trajetória artística e humana, nós a homenageamos e lamentamos sua partida. Que fique o exemplo de dedicação à arte e à cultura que sempre a animaram”, continuou a Cia Teatro dos Ventos.
“Sem acreditar. Você merece todas homenagens, vai fazer uma falta imensa como pessoa alegre, sábia, como grande artista, foi um grande prazer e alegria te conhecer trabalhar juntas partilhar da sua alegria e sabedoria. Vai em paz, você era símbolo de alegria, mas é impossível não ficar triste com sua partida”, escreveu um internauta. “Se já não tínhamos nada para comemorar, agora ainda temos que chorar… A amizade o carinho e a arte de Maria da Paixão… Tristeza sem fim”, disse outro.

publicidade

“Adeus Maria Da Paixão de Jesus. Tem pessoas que a gente considera mais que família. Você esteve presente muito forte na minha infância e adolescência. Obrigada”, disse uma mulher. “Como o nome diz: paixão em tudo que fazia, até mesmo em uma conversa informal me dizendo da luta de ser mãe ‘de gêmeas’ como me frisava sempre e conciliar sua carreira. Como essas conversas me fortaleceram. Descanse em paz grande inspiração”, lamentou outra.

“Ter convivido por algum tempo com Maria da Paixão foi uma oportunidade singular de aprender sobre a vida, sobre cultura, sobre arte”, disse o produtor Rafael Bittencourt. “As vésperas de comemorar 60 anos, Osasco perde um expoente de sua arte e cultura, e todos nós perdemos uma referência”, continuou.

publicidade

Legado

Atriz, compositora e militante do movimento negro, Maria da Paixão de Jesus nasceu em 3 de abril de 1953 e dedicou sua vida à arte. Em sua trajetória, além de participar de diversas peças teatrais, como “Morte e Vida Severina”, e novelas, como “Jamais Te Esquecerei”, no SBT, e “Essas Mulheres”, da Record TV, ministrou oficinas e cursos, formando muitos jovens artistas.

Em Osasco, Paixão participou de um programa no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) durante cinco anos. Ela atuou ainda como voluntária em projetos culturais na cidade, entre outras atividades. Paixão participou, em 2017, do TV Secor, programa do Sindicato dos Comerciários, no qual falou sobre sua carreira, dedicação à arte e trajetória de luta do movimento negro. Relembre:

Confira as homenagens de amigos e admiradores da artista:

Comentários