Após criticar Bolsonaro, Frota é expulso do PSL

Após criticar Bolsonaro, Frota é expulso do PSL

0
Compartilhar
alexandre frota expulso psl

O PSL decidiu, nesta terça-feira (13), expulsar o deputado federal Alexandre Frota após ele fazer críticas ao presidente Jair Bolsonaro e a se abster na votação da Reforma da Previdência em segundo turno na Câmara dos Deputados.

Frota vinha sendo cada vez mais contestado dentro do partido e já havia perdido, entre outros, o comando do diretório municipal de Cotia, cidade onde mora. Ele é cotado para migrar para o PSDB ou DEM.

“A crise (entre o deputado e o PSL) se instalou depois que Frota deu (nota) quatro para o Bolsonaro como presidente e disse estar decepcionado”, relatou Frota à revista Época, falando de si mesmo na terceira pessoa.

Publicidade

Os pedidos de expulsão do deputado foram apresentados pela deputada Carla Zambelli (SP), que Frota declarou publicamente que “não manda nada”, e o senador Major Olímpio (SP).

Nas redes sociais, Alexandre Frota havia justificado as críticas ao governo: “Quando entrei deixei bem claro que não seria fantoche na mão de governo algum. Continuo apoiando meu presidente e quero que ele tenha muito sucesso, afinal a batalha foi longa pra ele chegar onde chegou! Mas também não vou deixar de criticar quando eu achar errado”.

Compartilhar

Comentários