Aposentados protestam contra fator previdenciário

0

Nesta semana, manifestação na Paulista foi contra projeto que facilita terceirização / Foto: Eduardo Metroviche
Nesta semana, manifestação na Paulista foi contra projeto que facilita terceirização / Foto: Eduardo Metroviche

publicidade

Cristiane Alves

Aposentados e trabalhadores da ativa estarão juntos em passeata pelas ruas do centro de São Paulo na terça-feira, 13, em protesto para cobrar o fim do fator previdenciário, fórmula que reduz o valor das aposentadorias em até 40%.
Organizado pelo Sindicato Nacional dos Aposentados, o protesto irá se repetir em oito cidades do interior paulista e em outros 19 estados brasileiros, em frente às superintendências do INSS.

publicidade

Outra reivindicação é a recuperação do poder de compra dos aposentados. Nos anos de 2010 e 2011, aqueles que recebem salário mínimo tiveram reajuste de 11% e os benefícios acima deste valor, 5,7%. Entre 2011 e 2012, o salário mínimo foi reajustado em 14% e acima dele, 6,6%. Neste ano foi 9% para o mínimo e 6,2% para benefícios acima do mínimo.

Terceirizações
O protesto acontece uma semana depois de as centrais sindicais também mobilizarem trabalhadores em diversas cidades do país em manifestações contra o Projeto de Lei 4330, que trata de terceirizações.
Em São Paulo, a manifestação reuniu cerca de 3 mil pessoas, em frente a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).
Há divergência entre empresários e trabalhadores quanto às responsabilidades da contratante do serviço terceirizado sobre o trabalhador. Sindicatos querem que a contratante tenha obrigações solidárias e que o trabalhador tenha direitos iguais aos diretamente contratados. Empresários descordam. A proposta deve ir a votação na Câmara no próximo dia 14. “O empenho das centrais é pelo acordo para garantir o direito dos trabalhadores”, afirmou o presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva. (Com Força Sindical).

publicidade

Comentários