Artigo – Por valorização e qualidade de vida

0

Álvaro Ferreira da Costa – presidente do Sindicato dos Gráficos de Barueri e Região (Sindigráficos)

publicidade

Com o slogan “Trabalhadores vão às ruas por direitos e qualidade de vida”, centrais sindicais unidas, ao lado de sindicatos e trabalhadores de diversas categorias, ocuparão o centro de São Paulo, no dia 9 de abril, para a 8ª Marcha da Classe Trabalhadora. A expectativa é que 50 mil pessoas participem do ato.

Assim como nos dias 11 de julho e 30 de agosto de 2013, Dias Nacionais de Luta, também organizados pelas centrais, o Sindicato dos Gráficos de Barueri e Região, o Sindigráficos, apoia a 8ª Marcha e sente imenso orgulho e satisfação em ver milhares de trabalhadores unidos por um único objetivo: lutar por melhorias para todas as categorias.

publicidade

No dia 9 de abril, marcharemos por nossa Pauta Trabalhista, entregue à presidente Dilma Rousseff no ano passado, mas que ainda não recebemos retorno. Queremos um país que valorize o trabalho e defenda a classe trabalhadora. Queremos o desenvolvimento do país.

Nossa pauta defende, principalmente, a redução de trabalho para 40 horas semanais sem redução de salário; fim do fator previdenciário; luta contra o Projeto de Lei nº 4.330, que amplia a terceirização; regulamentação da Convenção 151 da OIT; reforma agrária; investimento de 10% do PIB para educação e 10% do Orçamento da União para a saúde; valorização das aposentadorias; transporte público e de qualidade; suspensão dos Leilões de Petróleo; reforma política e realização de plebiscito popular; reforma urbana; democratização dos meios de comunicação; entre outros.

publicidade

Em São Paulo, a concentração irá acontecer na Praça da Sé, às 10h. Os manifestantes seguem até a avenida Paulista, para o vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp).

Comentários