As novas PPPs em Osasco

0

Sergio Alves de Azevedo

publicidade

presidente da Associação dos Construtores de Osasco (ACO)

No passado, Osasco já foi beneficiada com Parcerias Publico-Privadas (PPPs). Enquanto no país esses dispositivos não passavam de discussões de palanque, nossa cidade foi beneficiada com ações efetivas e recebeu postos de saúde, creches, ruas com asfalto e até mesmo nosso teatro. Tínhamos a iniciativa privada pleiteando algum benefício e, em contrapartida, oferecendo equipamentos urbanos a todos. Aos poucos a prática diminuiu.

publicidade

Atualmente, vimos renascer as PPPs, pelas mãos de nosso prefeito Jorge Lapas. Inúmeros compromissos vêm sendo firmados, especialmente com construtores que descobriram a importância de Osasco e aqui vieram implantar novos empreendimentos imobiliários.

É claro que os novos condomínios terão impacto em nosso já caótico transito e a exigência do Estudo de Impacto Viário para novos empreendimentos, embora implique em mais uma obrigação aos empresários da construção civil, torna-se absolutamente necessária.

publicidade

Desses estudos têm surgido as novas PPPs, com os empreendedores assumindo compromissos de implantação de obras ou fornecimento de equipamentos que contribuam para a melhora no trânsito, hoje um dos grandes problemas da cidade.

Por entendermos necessárias as contrapartidas, julgamos vital a fiscalização do cumprimento dos compromissos firmados. Defendemos, ainda, que sejam reavaliados os projetos antigos, de unidades habitacionais, ainda não finalizados e que não apresentaram o Estudo de Impacto da aprovação do projeto e expedição do alvará para construção.
A cidade precisa, urgentemente, amenizar o sofrimento de seu povo que, a cada dia, tem sua qualidade de vida diminuída com horas e horas perdidas no trânsito.

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPortal do Aluno permite acompanhamento online
Próximo artigoFrases