Aula no Hospital Antônio Giglio prepara alunos de Medicina de Osasco para visita a pacientes

0
Foto: divulgação

Na quarta-feira, 6, o Hospital Municipal de Osasco Antônio Giglio, unidade administrada pelo Instituto Social Saúde Resgate à Vida (ISSRV), recebeu a primeira turma de Medicina da Uninove para uma aula da disciplina Práticas Médicas. Após a atividade letiva, realizada no auditório da unidade, os futuros médicos vivenciaram sua primeira experiência com visita a pacientes.

publicidade

A faculdade, que realizou a aula inaugural da turma de Medicina na terça-feira, 5, tem parceria com a Prefeitura de Osasco, a qual compreende, entre outros compromissos, a cessão de recursos profissionais para a rede municipal de saúde, ou seja, os futuros médicos reforçarão o atendimento na rede a partir do primeiro ano de curso, atuando na rede básica de saúde, emergência, atenção especializada, ambulatorial e hospitalar.

A classe de 70 alunos foi recepcionada pelo coordenador do curso, Miguel Teixeira dos Santos Neto, que deus boas-vindas e orientou a respeito da rotina que iriam seguir no primeiro dia em visita.

publicidade

Falando em nome do ISSRV, o assessor médico da instituição, Ewandro Ruck, destacou aos alunos que serão realizados na unidade, tanto as primeiras orientações e treinamentos, quanto o internato e a residência médica, que ocorrem a partir do quinto ano de Medicina. “Estamos aqui para acolher vocês. Estamos abertos ao que precisarem, tanto na área técnica quanto na pessoal”, disse o médico infectologista e generalista.

Na sequência, Silvio Priori, que integra o corpo docente da faculdade e é coordenador da Comissão de Residência Médica (Coreme) do Hospital Antônio Giglio, passou aos alunos informações técnicas da unidade, sua estrutura e quais os procedimentos a serem tomados.

publicidade

“O primeiro contato de vocês será na enfermaria, que é o corpo mais importante do hospital. Os enfermeiros são nossos maiores aliados em toda nossa trajetória, nossos parceiros e colegas de trabalho”, salientou.

O Programa de Residência Médica do Hospital é credenciado pelo Ministério da Educação e pelas entidades representativas das especialidades ofertadas no local – Clínica Médica, Cirurgia Geral, Ortopedia e Traumatologia.

Durante a visita aos leitos, monitorada por Priori, a aluna Gabriela Castori ressaltou a importância da parceria ente a instituição de ensino e a prefeitura, comandada na unidade pela ISSRV: “Essa parceria é um diferencial do nosso curso. Em outras faculdades, os alunos demoram muito tempo para ter contato com o paciente”, disse a futura médica, referindo-se ao início do contato acontecer tradicionalmente no quinto ano, durante o internato. “É importante também para conhecermos a realidade do SUS, muitos cursos chegam ao fim sem dar essa noção”, completou.

Sua colega de classe, a estudante Bruna Ferraz, também aprovou a oportunidade de estar em um hospital no segundo dia de aula. “Acho excelente o método e a existência dessa parceria. A maioria dos nossos futuros colegas ficam muito tempo só na teoria e chegam ao internato sem experiência. Este contato com o paciente é fundamental para nos acostumarmos. Este hospital é ideal para isso, porque tem todas as especialidades”, observou.

Comentários