A autonomia da pessoa com deficiência intelectual

A autonomia da pessoa com deficiência intelectual

0
Compartilhar

A conquista da autonomia é importante para o desenvolvimento físico e psicológico das pessoas com deficiência e traz benefícios como o aperfeiçoamento das habilidades pessoais, sociais e profissionais, além da melhora da autoestima.

E será que as pessoas com deficiência intelectual são capazes de fazer escolhas como decidir o que vai vestir, o que vai comer, ou, se quer namorar?
Nós, da Pestalozzi de Osasco, sabemos que SIM, pois a pessoa com deficiência intelectual pode precisar de ajuda para realizar algumas atividades da vida diária, mas pode ter autonomia e discernimento para decidir o que quer.

Cada pessoa com deficiência é única, cada história de vida é uma história pessoal, assim como é o grau de autonomia e a necessidade de apoio de cada sujeito. Em alguns casos, o fato da pessoa conseguir comer sozinha, já representa uma grande conquista e, em outros, conquistar autonomia é poder trabalhar.

Publicidade

Mesmo que no dia a dia a pessoa com deficiência intelectual tenha dificuldade em aprender, se expressar ou realizar atividades que para muitos são fáceis, e que, muitas vezes, se comporte como se tivesse idade menor do que a que tem, devemos respeitá-la e tratá-la de acordo com a idade que possui, valorizando suas competências, a despeito das suas limitações.

Sandra Maria Pinho de Carvalho
Pedagoga da Associação Pestalozzi de Osasco
Associação Pestalozzi Osasco: rua Dionísio Bizarro, 415, Jd. Ester / Tel.: 3682 2158 / [email protected]

Comentários

Faça seu comentário