Autora do pedido de impeachment de Dilma, Janaina Paschoal pede a saída de Bolsonaro: “deixa o Mourão” | Vídeo

0
janaina paschoal bolsonaro
Foto: reprodução

Uma das autoras do pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, a deputada estadual Janaina Paschoal também pediu a saída de Jair Bolsonaro da Presidência da República em discurso nesta segunda-feira (16), na Assembleia Legislativa.

Ela classificou a participação de Bolsonaro, com suspeita de coronavírus, em ato pró-governo neste domingo (15), como “crime contra a saúde pública”.

“Não tem justificativa. Como um homem que está possivelmente infectado vai para o meio da multidão? Como um homem, que faz uma live na quinta e diz para não ter protestos, vai participar desses mesmos protestos e manda as deputadas que são ‘paus-mandados’ dele chamar o povo pra rua?”, declarou Janaína Paschoal, que chegou a ser cotada como possível candidata a vice na chapa de Bolsonaro.

Publicidade

“Eu me arrependi do meu voto. Que país é esse? Como é que esse homem vai lá, potencialmente contaminando as pessoas, pegando nas mãos, beijando. Ele está brincando? Ele acha que ele pode tudo? As autoridades têm que se unir e pedir para ele se afastar. Nós não temos tempo para um processo de impeachment. Nós estamos sendo invadidos por um inimigo invisível”, afirmou a deputada estadual.

“Deixa o Mourão”

Para ela, “esse senhor tem que sair da Presidência da Republica, deixa o [vice-presidente Hamilton] Mourão, que entende de defesa. Nosso país está entrando em uma guerra contra um inimigo invisível. Deixa o Mourão, que é treinado para defesa, conduzir a nação”.

Comentários