Banco de Alimentos de Osasco recebe 2,5 toneladas de doações

0
Banco de Alimentos de Osasco recebe 2,5 toneladas de alimentos
Além das 3 mil famílias atendidas, as doações também serão destinadas às famílias carentes da cidade durante a pandemia / Foto: Sérgio Gobatti/PMO

O Banco de Alimentos de Osasco recebeu 2,5 toneladas de suprimentos até segunda-feira (6). Além das 3 mil famílias atendidas, as doações também serão destinadas às famílias carentes da cidade durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19).

No início da semana passada, a administração municipal lançou uma campanha de arrecadação de alimentos não perecíveis e material de limpeza e higiene pessoal para abastecer o Banco de Alimentos de Osasco, vinculado à Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico.

De acordo com a Prefeitura, em razão da pandemia, a demanda por mantimentos aumentou, visto que muitas pessoas perderam o emprego e outras têm o trabalho informal como único meio de sustento, mas que também não podem sair às ruas e trabalhar em razão da quarentena.

Publicidade

A organização social Ação da Cidadania, por meio de parceria com o Ifood e a empresa GBM, de Itaquaquecetuba, repassou 200 cestas básicas ao município, aproximadamente 2 toneladas. A equipe do Banco de Alimentos já retirou as doações.

O diretor de abastecimento, João Pucciariello Perez, disse que “apesar da campanha em razão do coronavírus, o Banco de Alimentos segue arrecadando kits de hortifrúti normalmente”. Perez faz um apelo para que mais empresas e pessoas físicas sigam doando alimentos, seja por meios próprios ou por meio da Ação da Cidadania.

Todas as semanas, o Banco de Alimentos distribui alimentos para as 60 entidades cadastradas. Ao todo são atendidas cerca de 3 mil famílias, em torno de 12 mil pessoas, considerando que cada família tem, em média, quatro pessoas.

Saiba como doar

As doações para o Banco de Alimentos de Osasco podem ser feitas por pessoas físicas ou jurídicas, de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h, na avenida General Pedro Pinho, 1.340, no Jardim Pestana.

Os doadores não precisam descer do carro. Funcionários com equipamentos de proteção individual, como luvas e máscaras retiram os suprimentos do veículo. Este é o padrão para o manuseio dos alimentos no local, para garantir as condições de segurança e higiene dos alimentos.

Comentários