Banda Vivendo do Ócio faz show gratuito em Barueri neste sábado

0

 

publicidade

Banda Vivendo do Ócio faz show gratuito em Barueri neste sábado

William Galvão

publicidade

Os baianos da banda Vivendo do Ócio se apresentam no Centro Cultural Barueri neste sábado, 26, a partir das 20h, com entrada franca. O show faz parte da programação do Mês do Rock com o projeto “Todo Som”. A noite vai contar ainda com shows da Riders Of Death Valley, da Capital, e da Monterrey, banda da casa.
A Vivendo do Ócio foi formada em Salvador, na Bahia, mas atua em São Paulo desde 2009, quando assinaram com a gravadora independente DeckDisk. A banda tem dois álbuns de estúdio na bagagem: Nem Sempre Tão Normal (2009) e O Pensamento é um Imã (2012). Em entrevista ao Visão Oeste, o vocalista da banda, Jajá Cardoso, falou sobre o show, a carreira e os próximos passos do grupo.

Visão Oeste: Essa é a primeira vez que vocês tocam na região? O que o público pode esperar em termos de repertório?
Jajá: Não, já tocamos duas vezes e foi muito massa! E todos de Barueri estão convidados para curtir esse rock com a gente. Vamos tocar um misto dos nossos dois álbuns: Nem Sempre Tão Normal (Deck, 2009) e O Pensamento É Um Ímã (Deck, 2012) com algumas do nosso trabalho mais recente, o EP Som, Luzes e Terror (Deck, 2013). A galera não pode perder e a entrada é gratuita.

publicidade

Tem surgido bandas boas em regiões fora do eixo Sul-Sudeste, como vocês, os Baggios, os Selvagens a Procura de Lei, todos do Nordeste. Além do esforço, claro, o que ajudou para que vocês fossem vistos pelo Brasil? A internet ou um possível esgotamento da cena paulista?
A internet sem dúvida é o ponto de maior visibilidade, é constante, está ali para quem quiser ver, a hora que quiser. Isso é muito bom e abre espaço para que muitas bandas consigam mais público e, consequentemente, shows. Ao menos desde que cheguei aqui, em 2009, sempre rolou um circuito de shows e bandas boas tocando, só vem crescendo e atualmente está bem movimentado. Porém, por muito tempo a maioria das bandas que tocavam não eram de São Paulo, então nesse sentido é possível que em algum momento tivesse mais bandas de fora circulando do que as daqui. Mas acho que não chegou a ser um esgotamento e vêm acontecendo renovações.
Como foi a experiência de tocar no Lollapalooza Brasil do ano passado? Ainda mais no mesmo palco do Caju e Castanha e do uruguaio Pedro Gonzalez.
Foi uma experiência incrível, com certeza um momento inesquecível. Foi uma honra muito grande ter o Caju e Castanha fazendo “O Mais Clichê” com a gente. Eles que são figuras tão importantes na historia musical do nosso país. E, para completar, o nosso querido amigo de longa data, o charanguista Pedro Gonzalez, muito antes até dos irmãos Davide (guitarra) e Luca (baixo e voz) saberem dar os primeiros acordes. (risos)
Fizemos mais uma parceria com o Caju e Castanha, dessa vez uma versão de uma música deles: “Futebol No Inferno”, que gravamos com nosso amigo do Vespas Mandarinas, o músico e produtor Chuck Hipolitho. A galera pode assistir o clipe de estúdio no nosso canal do YouTube.

Ao mesmo tempo em que vemos bandas boas surgindo, muita gente tem desacreditado do rock nacional, talvez por não ter surgido algo tão grande em termos de visibilidade depois da Pitty e dos Raimundos. Como vocês veem a cena hoje no Brasil?
É triste, essas pessoas que desacreditam são as preguiçosas e acomodadas que esperam tudo na mão. Tirando a pequena parte da imprensa, também a digital independente que valoriza e preza em divulgar boa musica, “os grandes” se interessam em divulgar porcaria para massa. Então, se as pessoas querem conhecer boa música e ficar esperando que isso chegue até elas, vão esperar muito, são pequenas chances. Nunca deixou de ter bandas boas no meio alternativo. Isso vai além do rock e a cena não para. O que tem de banda boa circulando e tocando, vai faltar espaço para colocar aqui e nenhuma delas necessita realmente da grande mídia. A cena real já deixou de fazer parte dela e faz tempo que caminha com seus próprios passos.

O Pensamento é um Imã é o segundo álbum da banda, de 2012, e foi muito elogiado pela crítica musical e também pelo público. Vocês já estão pensando no próximo trabalho?
Sim, já estamos trabalhando na pré-produção do nosso terceiro disco, estamos correndo para que saia esse ano.

Show da banda Vivendo do Ócio 
Centro Cultural Barueri
Rua Mônaco, 260, Centro
Sábado, 26, às 20h
Tel: 4199-1600
Grátis

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVisão Atenta
Próximo artigoComerciários abrem campanha com assembleia