Bandidos ameaçavam enterrar vivo GCM de Osasco sequestrado

0
GCM resgatado osasco

Os bandidos que sequestraram um guarda civil municipal osasquense e a namorada dele, na noite de sexta-feira (1º), no Jardim Santa Rita, em Osasco, além de torturá-los, ameaçavam enterrar os dois vivos. O cativeiro já tinha até uma cova para eles.

As vítimas foram libertadas após mais de nove horas de tortura, por uma força-tarefa da GCM, na manhã de sábado (2). Dois criminosos foram presos.

Os dois foram rendidos próximo a uma tabacaria. “Chegaram quatro indivíduos. Me renderam, tomaram minha arma e falaram: ‘polícia, aqui na área, não é bem-vinda’, não sei o que você está fazendo aqui”, contou o GCM sequestrado, à reportagem do “Brasil Urgente”.

Publicidade

“Me amarraram, me amordaçaram, e foi todo tipo de tortura. Física, psicológica, cuspiram na minha cara, foi um terror. Diziam que iam me matar, só estavam esperando o ‘salve’”, continuou. “Nessas nove horas de tortura, a esperança se foi. Só pensei que não iria sair vivo”.

O momento do resgate foi filmado e compartilhado pela Guarda Civil Municipal de Osasco nas redes sociais:

 

Comentários