Banhista morre ao ser atingido por bote em moto aquática pilotada por morador de Osasco

0

O cabeleireiro Elvis Presley dos Santos, de 27 anos, morreu ao ser atingido por um bote inflável rebocado por uma moto aquática em Itanhaém, litoral de São Paulo. O veículo era conduzido por Luiz Henrique Santos Guedes Ribeiro, de 23 anos, morador de Osasco.

publicidade

Em depoimento à polícia, ele disse que não percebeu quando atingiu o nadador, no Rio Preto, nas proximidades de uma área conhecida como “prainha”, no início da noite de quarta-feira (15). A Polícia Civil apreendeu o veículo e a Marinha do Brasil abriu investigação sobre o caso.

Morador de São Vicente, Elvis Presley dos Santos nadava quando foi atingido na cabeça pelo bote inflável que era puxado pelo veículo. Em seguida, ele desmaiou e afundou. Da margem, testemunhas chamaram os bombeiros, que chegaram após cerca de 20 minutos.

publicidade

A vítima já estava foi encontrada inconsciente por mergulhadores em uma área com profundidade de 10 metros. Ele foi levado até uma ambulância do Samu, mas não foi possível reanimá-lo.

O osasquense Luiz Henrique tem habilitação para conduzir moto aquática e um exame do etilômetro comprovou que o motonauta não estava alcoolizado. Ele afirmou à polícia que não percebeu quando o bote atingiu Elvis Presley.

publicidade

Familiares do cabeleireiro que estavam com ele no momento do acidente, afirmam, no entanto, que o jovem dirigia a moto aquática em alta velocidade e tentou esconder o bote minutos após a colisão. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Itanhaém.

Com informações do G1

Comentários