Início Cidades Barueri Barueri já aplicou 580 mil doses de vacinas contra a covid-19

Barueri já aplicou 580 mil doses de vacinas contra a covid-19

1
vacina covid-19 barueri
Foto: Ricardo Santos/ Secom

Neste início de fevereiro, Barueri registra a marca de 580 mil doses de vacinas aplicadas na cidade desde o início da campanha de imunização em janeiro do ano passado. Em pouco mais de um ano, a quantidade de vacinas representa a imunização de 55,3% de mulheres, 44,68% de homens e 0,01 de indefinidos da cidade, de acordo com a administração municipal.

publicidade

“Grande parte da população deseja ser imunizada. Verifica-se uma grande procura dos moradores pela vacina e a solicitação de esclarecimentos”, disse Elaine Fonseca Lima, diretora técnica de Enfermagem da Secretaria de Saúde.

Elaine destaca que é importante completar o esquema vacinal para conter a pandemia. “Com a segunda dose, o organismo está preparado para aquele patógeno e desenvolve anticorpos e células de memória melhores e mais duradouras”, explicou.

publicidade

Para agilizar a imunização, a Prefeitura de Barueri tem promovido mutirões de vacinação, incluindo os trabalhos da vacinação infantil. Neste sábado (5), foi realizado o “Dia C” da vacinação, com as unidades básicas de saúde (UBSs) e o Centro de Eventos de Barueri funcionando para vacinar os moradores, inclusive as crianças e adolescentes.

Imunossuprimidos

A diretora de enfermagem de Barueri comentou que neste momento não é indicada a realização de mais de uma dose adicional, com exceção aos imunossuprimidos. Nestes casos, a recomendação para maiores de 18 anos ou mais é que outra dose adicional seja feita após quatro meses da primeira aplicação adicional.

publicidade

Conforme o Ministério da Saúde, são consideradas pessoas com alto grau de imunossupressão aqueles que possuam imunodeficiência primária grave, quimioterapia para câncer, transplantados de órgão sólido ou de células-tronco hematopoiéticas, pessoas com HIV/Aids, pacientes que fazem hemodiálise ou com doenças inflamatórias crônicas.

Comentários