Início Destaque Basquete Osasco está pronto para representar o Brasil na China

Basquete Osasco está pronto para representar o Brasil na China

1
Na semana passada, o prefeito de Osasco, Jorge Lapas, recebeu a delegação em seu gabinete, onde parabenizou e desejou sorte ao clube / Foto: divulgação

Comandado pelo experiente técnico Ênio Vecchi, o Basquete Osasco terá pela frente sua primeira missão internacional a partir da madrugada desta terça-feira, 10, quando a delegação seguirá para Xangai, na China.

publicidade

Até o dia 02 de junho a equipe osasquense, atual bicampeã dos Jogos Abertos do Interior, enfrentará algumas equipes locais, como o Jiangsu Lions, além do Soles de Mexicali, atual campeão mexicano, e da seleção da Tunísia, que briga por vaga nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Xangai não será o único destino do time, que passará também por Pequim, Shandong, Xuzhou e Yunnan.

Na semana passada, o prefeito de Osasco, Jorge Lapas, recebeu a delegação em seu gabinete, onde parabenizou e desejou sorte ao clube / Foto: divulgação
Na semana passada, o prefeito de Osasco, Jorge Lapas, recebeu a delegação em seu gabinete, onde parabenizou e desejou sorte ao clube / Foto: divulgação

“Estamos realizando o sonho de levar a bandeira da cidade de Osasco para outro país, como a China. A cidade de Osasco vive um momento histórico no esporte, com o sucesso do futebol, do vôlei e agora o basquete”, destacou o diretor do projeto Basquete Osasco, João Ricardo Lourenço.

publicidade

O primeiro desafio do Basquete Osasco na China será o Torneio Internacional Copa Cidade de Xuzhou.

“Essa viagem será importante para a cidade de Osasco e para o nosso time, pois teremos grandes jogos na China antes da disputa de um campeonato de alto nível, que será o Paulista, a partir de julho. Então, temos que tirar proveito de tudo o que for possível”, analisou o técnico Ênio Vecchi.

publicidade

Time reforçado

Antes do embarque para a China, o Basquete Osasco acertou a contratação de dois atletas americanos: o armador Bennie Murray e o ala-armador Phillip Flowers, destaques no basquete universitário dos EUA.

Comentários