Bolsonaro declara “guerra” a Taurus, principal fabricante de armas do país

0

Defensor das armas, o pré-candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL-RJ) declarou “guerra” a Taurus, principal fabricante de país.

publicidade

O motivo é o fato de ele ter passado a defender publicamente que, se eleito, vai “quebrar o monopólio da Taurus”.

Para isso, a ideia é tentar atrair mais empresas do setor ao país e modificar a legislação vigente.

publicidade

Com informações do Valor Econômico

publicidade

Comentários