Bolsonaro recua e diz que vai revogar possibilidade de trabalhador ficar 4 meses sem salário

0
bolsonaro coronavírus
O presidente Jair Bolsonaro durante coletiva de imprensa

O presidente Jair Bolsonaro recuou e anunciou, na tarde de hoje (23), que vai revogar o artigo que permitia a suspensão dos contratos de trabalho por até quatro meses, nos quais o trabalhador poderia não receber salário, previsto em Medida Provisória sobre relações trabalhistas em meio à crise causada pela pandemia de coronavírus (covid-19).

 

Publicidade

Comentários