Compartilhar

Foi aprovado em primeira discussão na Câmara de Osasco na tarde desta terça-feira, 18, projeto de resolução da Mesa Diretora da Casa que estabelece que 30% dos cargos de chefia no Legislativo sejam preenchidos por servidores efetivos (concursados).

Pela proposta, a nomeação será feita pela Mesa Diretora da Câmara e será levado em conta o tempo no serviço público e o conhecimento do servidor sobre o setor em que desempenhará a função, além de cursos de aperfeiçoamento.

Publicidade

“O projeto busca assegurar uma quantidade mínima de servidores efetivos em cargos de chefia, bem como prestigiar servidores por tempo de serviço público e seu conhecimento sobre o setor em que desempenhará a função”, diz a justificativa do projeto.

Comentários
Publicidade

Faça seu comentário