Câmara de Osasco lança campanha para reduzir o uso de copos plásticos

Câmara de Osasco lança campanha para reduzir o uso de copos plásticos

0
Compartilhar

O Poder Legislativo de Osasco lançou a campanha “Adote uma Caneca”. A ação, que objetiva promover a conscientização dos servidores sobre a redução do uso de copos plásticos nas dependências da Câmara, faz parte das medidas de sustentabilidade ambiental programadas pela atual gestão da Casa.

Publicidade

A campanha foi lançada no Espaço Borborema, em evento corporativo que contou com a participação de Vereadores, servidores do Legislativo osasquense, e teve ainda a participação do diretor da Eco Circuito, Eduardo Prates.

O convidado ministrou uma palestra sobre os desafios de se viver em um planeta “finito”, marcado pelo crescimento populacional, das cidades e da produção de resíduos.

A Diretora-Secretária da Câmara, Mônica Cristina de Godoy, afirmou ser “importantíssimo” que todos os servidores da Casa colaborem adotando uma caneca em substituição aos copos plásticos. “O nosso grande vilão é o copo descartável, que demora até 400 anos para se decompor. É um mal muito grande que nós precisamos combater”, justificou.

Durante o evento, o Diretor Executivo da Agência Peres & Damiani, João Damiani, fez uma explanação sobre a concepção da campanha “Adote uma Caneca” e detalhou o trabalho realizado pela empresa na condução das peças publicitárias do Legislativo osasquense.

Publicidade

A campanha

O palestrante Eduardo Prates acredita que a campanha seja o primeiro passo para conscientizar o usuário a respeito dos problemas causados pelos copos plásticos e proporcionar uma mudança no padrão de consumo. “É uma ação muito bem-vinda. Eu diria que, em termos de eficiência, é preciso acompanhar o impacto no consumo de copos plásticos que a Câmara vai ter nos próximos meses”, explica.

De acordo com a Administração da Câmara, a campanha “Adote uma Caneca” surgiu da necessidade de conscientização de todos sobre a importância de reduzir o uso de copos plásticos que, além de prejudiciais ao meio ambiente, podem causar danos à saúde dos usuários e geram gastos para o poder público.

Publicidade

Apenas em 2017, foram consumidos 500 mil copos descartáveis, o que corresponde a uma média de uso de 60 a 80 copos descartáveis por pessoa, mensalmente. Esses números levaram a atual Gestão da Casa a pensar na criação de uma campanha para incentivar o uso de recipientes de louça para substituir o uso dos copos.

A campanha “Adote uma Caneca” é a primeira ação da campanha “Sustentabilidade – A Câmara adota esta ideia!”, que prevê uma série de realizações na Câmara com o intuito de otimizar recursos e preservar o meio ambiente, entre elas a redução do uso de papel, a adoção de medidas de reciclagem e diminuição no consumo de energia elétrica e água.

Compartilhar

Comentários