Vereadores decidiram exonerar todos os comissionados nesta terça, 3 / Foto: Eudes de Souza/CMO

Na tarde desta terça-feira, 3, a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Osasco reuniu-se para assinatura do primeiro ato administrativo desta legislatura, iniciada dia 1º. Trata-se de um Ato da Mesa que exonera todos os servidores comissionados da Casa.

publicidade

Não foi divulgado o número exato de funcionários exonerados, mas na legislatura passada cada um dos 21 vereadores podia contratar até 20 comissionados, totalizando até 420 empregados.

Na atual legislatura, quando os vereadores definirem os ocupantes de seus cargos de confiança, entra em vigor medida definida na anterior, com Jair Assaf (PROS) na presidência, que reduz de 20 para 16 o limite de comissionados por parlamentar.

publicidade

Com isso, são pelo menos 84 funcionários a menos na Casa de Leis osasquense, com um total de até 336 comissionados, ante 420 na legislatura anterior.

No ato da assinatura, estiveram presentes os vereadores Dr. Elissandro Lindoso (presidente da Câmara), Ribamar (1º Vice-Presidente), Ricardo Silva (1º Secretário), Dra. Régia (2º Secretária), Ni da Pizzaria (3º Secretário) e Ralfi (4º Secretário).

publicidade
Caça Fantasmas 

No fim da legislatura anterior a Câmara de Osasco viveu o maior escândalo de sua história, com prisões decretadas a 14 dos 21 parlamentares.

Eles são acusados pelo Ministério Público estadual, na Operação Caça Fantasmas, de participarem de um suposto esquema de contratações de funcionários fantasmas para ficar com parte dos salários.

*Matéria atualizada às 10h50 de 05/01 para acréscimo de informações

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui