Câmara fica quase vazia em manhã de prisão de vereadores

Entre os que não foram presos, apenas Valdir Roque estava no gabinete, mas não quis comentar o caso

0
Câmara fica quase vazia em manhã de prisão de vereadores

A Câmara Municipal de Osasco ficou praticamente vazia após 14 vereadores terem prisão preventiva decretada pela Operação Caça Fantasmas, do Ministério Público, que apura contratações de funcionários fantasmas nos gabinetes dos vereadores.

publicidade

Apenas Mazé Favarão (PT), Valdir Roque (PT), Dinei Simão (PROS), Claudio da Locadora (PV), Fábio Yamato (PSDC), Mario Luis Guide (PSB) e Sebastião Bognar (PSDB) não estavam entre os nomes.

Apenas Valdir Roque estava no gabinete nesta manhã, mas não quis comentar o ocorrido por enquanto. Hoje deveria ter sessão no período da tarde, mas provavelmente será adiada por falta de quórum.

publicidade

Comentários

publicidade