Campanha salarial dos metalúrgicos de Osasco terá mobilização na porta das empresas

0
metalúrgicos osasco e região assembleia
Metalúrgicos em assembleia da Campanha Salarial 2020 / Foto: Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região

Na semana que vem, os metalúrgicos de Osasco e região darão início ao mutirão de assembleias nas portas das empresas para promover as reivindicações da campanha salarial deste ano. A mobilização começa na quarta-feira (30), nas metalúrgicas de Carapicuíba e Alphaville, em Barueri.

publicidade

A pauta tem sido discutida entre os trabalhadores durante as assembleias organizadas pelo Sindicato dos Metalúrgicos e contém 150 reivindicações como aumento real, redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais, fim das terceirizações, entre outras.

Na região, funcionários das metalúrgicas Cinpal, Metalsa, Sambel, New Oldany e Freios Farj, já estiveram reunidos para discutir as reivindicações. Durante os encontros, os metalúrgicos afirmaram que, além do aumento real, não vão abrir mão da manutenção da Convenção Coletiva.

publicidade

“Quando a gente fala que a categoria pode perder, isso quer dizer que pode perder muito. Atualmente, a legislação permite trabalho sem registro, sem direitos, por isso temos que defender e fortalecer a nossa Convenção, bem como o nosso contrato de trabalho”, destaca o secretário-geral do Sindicato, Gilberto Almazan.

Em razão da pandemia de covid-19, a entrega da pauta aos grupos patronais foi realizada de forma virtual pela Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo, que representa cerca de 800 mil trabalhadores, com mais de 50 sindicatos filiados.

publicidade

Comentários