Carapicuíba tem sua própria “cracolândia”

0

Todas as noites, grupos se reúnem para consumir drogas em áreas próximas à divisa / Foto: Eduardo Metroviche
Todas as noites, grupos se reúnem para consumir drogas em áreas próximas à divisa / Foto: Eduardo Metroviche

publicidade

Em Carapicuíba, moradores e lojistas têm reclamado do aumento do número de usuários de drogas, mais precisamente de crack, no bairro da Vila Municipal, na região próxima à divisa com Osasco, no Km 21. Segundo as queixas, o local tem agregado tantos usuários que a cidade está gestando sua própria “cracolândia”. A reportagem do Visão Oeste visitou a região e constatou que não é difícil confirmar a situação. A partir do início da noite, uma praça e as calçadas das lojas de automóveis no local ficam repletas de usuários fumando a droga sem qualquer constrangimento.

PM não registra queixas e diz que vai fazer levantamento

Um dos moradores disse que o local “está sempre cheio, essa calçada fica lotada. Às vezes eles vêm perturbar aqui na igreja, alguns são agressivos, eles incomodam”, conta Ricardo C.. A moradora da Vila Municipal Carolina K. afirmou que “o que não falta aqui é usuário, mas eles nunca me incomodaram”. Ela diz que “o que deveria ter é um lugar para eles, alguém deveria fazer alguma coisa, ajudar, eles são doentes e precisam ser tratados”
Um dos lojistas da região, Alberto D., conta que “ultimamente tem aumentado muito [o número de usuários]. Teve uma época que estava tendo muitos assaltos nos pontos de ônibus aqui embaixo da ponte”.

publicidade

De acordo com o capitão Rubens Souza Diniz, da Polícia Militar de Carapicuíba, não há reclamações registradas de moradores com relação a usuários no local. Ele pede que a população denuncie possíveis delitos. Além disso, garante que nos próximos dias será feito um levantamento sobre a situação da área e avaliadas as possíveis providências.

Já a assessoria de imprensa da Prefeitura disse, em nota, que atua no combate ao uso de drogas preventivamente, por meio de doações de assistência social, educacional e de saúde. Segundo o comunicado, a população da Vila Municipal é contemplada por meio dessas ações e a Guarda Civil Municipal (GCM) atua frequentemente com rondas preventivas no bairro.

publicidade

Osasco treina guardas para lidar com usuários

Em parceria com o governo federal, por meio do programa “Crack – É Possível Vencer”, a Prefeitura de Osasco iniciou um curso com os guardas municipais para melhorar o combate ao uso de drogas, principalmente no tratamento a usuários de crack.
O curso é realizado no Centro de Formação da Guarda Municipal, em Presidente Altino. Após o curso, a Guarda de Osasco vai receber veículos e equipamentos específicos para o trabalho de abordagem. No total, 47 guardas participam do curso na cidade, além de outros 5 de Barueri, 5 de Embu das Artes, 5 de Cotia e 2 de Itaquaquecetuba.

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorYamaha lança XTZ 150 Crosser
Próximo artigoVisão na Rede