Carapicuibano é preso por estelionato e suspeita de torturar filhos e negligenciar...

Carapicuibano é preso por estelionato e suspeita de torturar filhos e negligenciar idoso, em Fortaleza

0
Compartilhar
carapicuibano carapicuíba Monsenhor-Tabosa Fortaleza Ceará
Investigações começaram após carapicuibano e a mulher aplicarem golpes em comerciantes da cidade de Monsenhor Tabosa, no Ceará / Foto: divulgação

Um homem de 32 anos, natural de Carapicuíba, foi preso em Fortaleza (CE), na sexta-feira (23) acusado de estelionato e sob suspeita de torturar os próprios filhos, estupro de vulnerável e crime contra a pessoa idosa. A mulher dele, de 33 anos, também foi detida.

Segundo o “Diário do Nordeste”, a polícia investigava crimes de estelionato cometidos na cidade de Monsenhor Tabosa, no Ceará quando chegou ao casal, que mora em Fortaleza. Na residência, os policiais encontraram quatro crianças em situação de maus-tratos, dois filhos do casal e dois somente da mulher.

As crianças eram trancadas permanentemente em um dos cômodos da casa, sem poder sair. Além disso, uma das meninas, de dez anos, teria sido abusada sexualmente pelo homem desde os 8 anos.

A dupla também estaria se apropriando do benefício do INSS do pai da mulher, de 79 anos, deixando-o sem alimentação e cuidados básicos.

Um quinto filho da mulher, que hoje tem 15 anos, também teria sofrido maus-tratos do casal, mas, aos 13 anos, pediu abrigo à avó, com quem mora atualmente no Paraná.

“Nossa investigações prosseguem no sentido de colher mais elementos de autoria e materialidade a fim de comprovar os crimes de tortura praticados contra os menores, além do crime de estupro de vulnerável, também investigado”, afirmou o delegado Luiz Arthur, titular da Delegacia Municipal de Monsenhor Tabosa, segundo o “Diário do Nordeste”.

A polícia começou a investigar o casal por estelionato após eles terem aplicado golpes em 19 comerciantes de Monsenhor Rabosa.

Compartilhar

Comentários