Carreata pelo impeachment de Bolsonaro vai percorrer Carapicuíba e Osasco no sábado (23)

O principal alvo das críticas dos críticos do governo no momento são relacionados à falta de vacinas trazidas pelo governo federal para o combate à covid-19

0
bolsonaro
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Neste sábado (23), diferentes grupos de críticos do governo planejam realizar atos por todo o país pedindo o impeachment do Jair Bolsonaro (sem partido). Na região, uma carreata deve percorrer Carapicuíba e Osasco chamando a atenção para pedir a saída do presidente.

publicidade

Organizada pelas frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, junto com os partidos, sindicatos e coletivos, a carreata pelo impeachment de Bolsonato na região terá concentração às 8h30 no Parque dos Paturis, em Carapicuíba, de onde vai partir para o terminal Vila Yara, em Osasco.

O principal alvo dos críticos do governo no momento são relacionados à falta de vacinas trazidas pelo governo federal para o combate à covid-19. A única vacina disponível no país até o momento é a Coronavac, disponibilizada por meio de articulação do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), adversário político de Bolsonaro, com o Instituto Butantan, junto ao laboratório chinês Sinovac.

publicidade

O imunizante era alvo de críticas do presidente e seus apoiadores, que o chamavam de “vacina chinesa do João Doria” ou “vaChina”. Após a liberação do uso emergencial da Coronavac pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), no domingo (17), Bolsonaro declarou que “a vacina é de do Brasil, não é de nenhum governador”.

Com mais de 211 milhões de habitantes, o país tem disponíveis e liberadas para uso emergencial até o momento apenas 6 milhões de doses da Coronavac.

publicidade

Na carreata realizada por Carapicuíba e Osasco neste sábado, os manifestantes também vão reivindicar que as aulas presenciais só sejam retomadas após a vacinação.

Comentários