Casamento Comunitário oficializa união de 115 casais em Osasco

0
Casamento comunitário osasco
A entrega dos presentes aconteceu no Paço Municipal / Foto: Marcelo Deck

A 27ª edição do Casamento Comunitário de Osasco foi marcada pela união oficializada em cartório de 115 casais. Na quinta-feira (22), foi a vez dos recém-casados receberem um presente do Fundo Social de Solidariedade, em cerimônia simbólica realizada na Sala Luiz Roberto Claudino da Silva, no Paço Municipal.

publicidade

O prefeito de Osasco, Rogério Lins (Podemos), e a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Aline Lins, acompanhados pela vice-prefeita, Ana Maria Rossi, marcaram presença no evento. Mais de 50 casais participaram a cerimônia que seguiu os protocolos de distanciamento social.

O ato é realizado tradicionalmente no Ginásio Poliesportivo da Fito, mas está suspenso desde o ano passado em razão da pandemia. “A pandemia do coronavírus mudou nossa rotina e interrompeu nosso evento. No entanto, estamos muito felizes de poder oferecer essa oportunidade da oficialização do matrimônio”, declarou a primeira-dama, Aline Lins.

publicidade
Casamento comunitário osasco
Vice-prefeita Ana Maria Rossi, prefeito Rogério Lins e primeira-dama Aline Lins / Foto: Marcelo Deck

“O Casamento Comunitário é um marco na cidade. Através desse sacramento, dessa união dos casais, desde os mais jovens, que estão começando a vida a dois agora, e aos que já vivem juntos há muitos anos, é gratificante fazer parte desse momento. Desejamos muitas bençãos e felicidades a todos”, completou o prefeito.

Audrey Moreira da Silva, 44, e Alex Maurício Amado, 51, vivem juntos há 17 anos e há quatro meses oficializaram a união em cartório. Eles compareceram ao evento com a filha Emily, de 9 anos. “Por questões financeiras adiamos esse sonho por muitos anos. Agora sim, estamos casados. Foi um momento único para nós”, destacou Audrey.

publicidade

Arinelia Alves de Barros, 31, casou-se com Fábio Ferreira da Silva, 32, em março desse ano, também por meio do Casamento Comunitário. “Tentamos várias vezes nos casar, mas não dava certo. Moramos em Osasco faz pouco mais de cinco anos. Precisávamos voltar às nossas cidades natais para buscarmos alguns documentos. Certo dia, meu esposo tirou férias e disse ‘vamos regularizar isso’. Foi a melhor decisão que tomamos”, comemorou.

EM OSASCO// Carro clonado que gerava dor de cabeça ao dono da placa há 3 anos é apreendido

Comentários