Casos de dengue diminuem 88% em Osasco no 1º trimestre

0
Agentes da Prefeitura fazem inspeção em imóvel durante mutirão de combate à dengue

Agentes da Prefeitura fazem inspeção em imóvel durante mutirão de combate à dengue
Agentes da Prefeitura fazem inspeção em imóvel durante mutirão de combate à dengue

publicidade

Os casos de dengue diminuiram 88,1% no primeiro trimestre deste ano em Osasco com relação ao mesmo período do ano passado. É o que aponta levantamento do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) da Secretaria de Estado da Saúde, com base nos dados informados pelos municípios ao Sistema de Informações de Agravos de Notificação (Sinan).
De acordo com o CVE, Osasco registrou 190 casos de dengue entre janeiro e março de 2015, dos quais 156 autóctones (contraídos no município) e 34 importados. No mesmo período do ano passado, foram registrados 1.604 casos de dengue na cidade, sendo 1.577 autóctones e 37 importados.

Mutirões de combate e campanhas levaram à redução da doença

O secretário municipal de Saúde, José Amando Mota, afirma que a redução dos índices ocorre por fatores como os mutirões de combate à doença que têm sido realizados em diversos bairros, campanhas de conscientização, com carros de som e distribuição de panfletos e menor resistência da população à visita dos agentes de saúde às residências para verifcar possíveis criadouros do mosquito transmissor da dengue. O município tem hoje 700 agentes de saúde ou parceiros atuando no combate à doença.

publicidade

“Tomamos uma série de medidas para que [o número de casos de 2014] não se repetisse. A população está colaborando e a administração está fazendo a ‘lição de casa’”, afirma Amando Mota.
Outras medidas adotadas pela Prefeitura foram a aquisição de equipamentos para a aplicação de inseticida.

NÚMEROS DA DENGUE EM OSASCO

publicidade

190 casos de dengue foram registrados em Osasco entre janeiro e março deste ano, dos quais 156 autóctones (contraídos no município) e 34 importados
1.604 casos de dengue foram registrados no primeiro trimestre de 2014, sendo 1.577 autóctones e 37 importados

Mutirão nas divisas com Barueri e São Paulo

Na manhã desta sexta-feira, 10, a Secretaria de Saúde de Osasco realiza mais um mutirão de combate à dengue. Desta vez a ação vai reunir centenas de agentes de saúde nas divisas com Barueri e São Paulo.

Na zona norte de Osasco o mutirão será no bairro Munhoz Júnior, divisa com Barueri. A concentração dos agentes será na avenida Diretriz, altura do nº 652. Os trabalhos serão realizados em conjunto com a prefeitura barueriense.
Simultaneamente será realizada ação no Jardim D’Abril, zona Sul, divisa com São Paulo. Os agentes da Secretaria de Saúde se reunirão na rua Maria Grandin dos Santos, em frente ao Pronto-Socorro.

Para estas ações a Prefeitura de Osasco contará com o trabalho de 300 servidores, entre agentes de Zoonoses e de Saúde do Centro de Controle de Zoonoses, contando com a colaboração dos Acolhedores e Agentes do Programa Estratégia da Família.

Região soma 1,9 mil casos 

No primeiro trimestre deste ano foram registradas nas 12 cidades da região o total de 1.959 casos de dengue, entre autóctones e importados. Barueri (786 casos), Jandira (310) e Itapevi (255) lideram o ranking. Veja os dados por cidade na tabela.

tabela

Comentários