Início Trabalho Centrais sindicais e movimentos sociais vão às ruas nesta sexta

Centrais sindicais e movimentos sociais vão às ruas nesta sexta

Protestos// Dia nacional de greve inicia reação contra as medidas do governo de Michel Temer como ameaças aos direitos trabalhistas e políticas sociais

0

Nesta sexta-feira, 11, estão programadas mobilizações com greves, paralisações parciais e manifestações nas capitais brasileiras, organizadas por centrais sindicais e movimentos sociais, em reação a medidas do governo de Michel Temer (PMDB) que retiram direitos trabalhistas e ameaçam políticas sociais.

publicidade

Em São Paulo, as manifestações devem começar às 16h30 na Praça da Sé. O dia nacional de greve é convocado em protesto a ações do governo como o aumento da idade para aposentadoria, engessamento dos gastos públicos por 20 anos, esvaziamento do currículo do ensino médio por meio da Medida Provisória 746, redução da participação da Petrobras no pré-sal e do conteúdo nacional da cadeia de produção e negócios da estatal, além do projeto de ampliação das terceirizações que tramita no Senado.

A capital paulista deve ter outros pontos com protestos. Os professores do estado terão assembleia na Praça da República e, a partir das 14h, a Frente Brasil Popular faz concentração no Vão Livre do Masp, na avenida Paulista. A mobilização inclui ainda apoio da Associação Nacional dos Pós-Graduandos (ANPG), que convocou os estudantes de cursos de pós-graduação do país na luta pela devolução das bolsas de estudos da Capes e por mais financiamento para o setor, o que inclui a revogação de cortes no orçamento público na educação, ciência e tecnologia.

publicidade

No ABC paulista, diversos movimentos sociais se reunirão em São Bernardo do Campo, a partir das 7h, em frente ao Pavilhão Vera Cruz, próximo ao centro da cidade.

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui