Chacinas de Osasco e Barueri são lembradas em novo clipe do rapper Dexter; assista

0

Com palhaços sinistros, o rapper Dexter lançou esta semana seu novo clipe, da música “Síndrome do Pânico”, composta por ele junto a Eli Efi. A canção, que fala sobre insegurança, desigualdade social e impunidade, lembra das chacinas ocorridas em Osasco e Barueri, que teve 17 assassinatos e sete tentativas de homicídio, na noite de 13 de agosto de 2015.

publicidade

Três policiais militares e um guarda municipal de Barueri foram condenados pelos crimes.

publicidade

Criado em favela de São Bernardo do Campo, na região metropolitana de São Paulo, Dexter passou 13 anos preso pela participação em assaltos. No presídio, passou a se destacar como cantor de rap, no extinto grupo 509-E. Em liberdade desde 2011, Dexter se tornou um dos principais nomes do rap nacional.

publicidade

Comentários