Cinemas de Osasco podem ser obrigados a ter sessões adaptadas a autistas

0
cinema autismo autistas osasco
Projeto visa aumentar inclusão social de autistas, diz autor do projeto / Foto: reprodução

Tramita na Câmara Municipal de Osasco o projeto de lei 03/2020, que determina que as salas de cinema da cidade sejam obrigadas a oferecer, pelo menos uma vez por mês, sessões adaptadas a crianças e adolescentes autistas.

publicidade

Pelo texto do projeto, durante tais sessões, não será exibida publicidade comercial, as luzes deverão estar levemente acessas e o volume de som será reduzido. O preço cobrado para estas sessões deverá ser o mesmo do praticado usualmente.

As sessões deverão ser identificadas com o símbolo mundial do espectro autista, que será afixado na entrada da sala de exibição.

publicidade

“O acesso dos consumidores com transtorno do espectro autista ao cinema não é uma tarefa fácil. A hiperatividade, a sensibilidade auditiva e visual, a dificuldade de concentração e a necessidade de permanecer sentado por longo tempo toma uma sessão convencional de cinema, para essas pessoas, um desafio por vezes intransponível”, afirma o autor do projeto, vereador Batista Comunidade (Avante).

“A presente proposição tem como finalidade garantir às pessoas com autismo uma oportunidade de desfrutar do cinema por meio de sessões adaptadas a sua especificidade, assegurando assim a inclusão social desses consumidores”, complementa o parlamentar osasquense.

publicidade

Se a proposta passar pelo crivo dos vereadores e for sancionada pelo prefeito, as salas de cinema de Osasco que descumprirem a determinação ficarão sujeitas a advertência e multa de R$ 3 mil a R$ 10 mil (em caso de reincidência).

Comentários