Ciúme e futebol envolvem assassinato em Barueri

Ciúme e futebol envolvem assassinato em Barueri

0
Compartilhar
Diogo teria admitido que matou por rixa entre torcidas / Foto: reprodução

A polícia procura Diogo Alves dos Santos, de 26 anos, acusado de matar, com três tiros, Guilherme Morais, 20, em Barueri, no domingo (7), em um crime que envolve ciúme e torcida por clubes adversários de futebol. Guilherme morava com a ex de Diogo e o ciúme é apontado como principal motivo para o crime.

A relação entre os dois era ainda mais turbulenta por serem membros apaixonados de torcidas organizadas de times adversários. Guilherme era da principal organizada do São Paulo e Diogo, da do Palmeiras.

Guilherme foi morto com três tiros / Fotos: reprodução

Eles teriam trocado ameaças antes do crime, que aconteceu no mesmo dia em que o São Paulo eliminou o Palmeiras na semifinal do Campeonato Paulista.

Publicidade

Reportagem do “Brasil Urgente”, da Band, exibiu um boletim de ocorrência registrado em março por Diogo por supostas ameaças feitas por Guilherme. No entanto, é cogitada a hipótese de que o B.O tenha sido premeditado para ser usado como defesa de Diogo para o crime.

Diogo está foragido. Nas redes sociais, torcedores da organizada do São Paulo amigos de Guilherme dizem que querem vingar a morte dele.

Publicidade

“Sua praga. Maldito, prepara o teu caixão ‘mancha rosa’ desgraçado”, comentou um deles em uma postagem com uma foto de Diogo.

“Não esquenta não, seu imundo. O seu tá guardado e bem guardado”, postou outro. “Tem que achar esse lixo. Tem que vingar morte do irmão Gui. Esse f.. vai pagar caro”, diz outra mensagem.

“Já passei a visão ‘pros cara’. Vamos trombar esse ‘maluco’”, afirma outro.

Denuncie

Quem tiver informações que possam levar ao paradeiro de Diogo pode ligar para o Disque Denúncia 181, com anonimato garantido. O caso foi registrado no 2º DP de Barueri.

Compartilhar

Comentários