Prefeito tem vistoriado unidades de saúde do município

Na tarde desta quarta-feira, 11, o prefeito de Osasco, Rogério Lins (PTN), anunciou a convocação de 140 médicos para começarem a trabalhar com urgência na rede municipal. De acordo com ele, o município tem mais de 200 mil pacientes em fila de espera para exames, consultas e cirurgias.

publicidade

“O déficit de médicos na rede ultrapassa 300 profissionais. No Samu, apenas 5 das 33 ambulâncias estão funcionando. O Hospital Central estava fechado para novas internações porque a quantidade de leitos é insuficiente e nos prontos-socorros não tem ortopedia”, declarou Lins.

“Estamos adotando medidas emergenciais porque a Saúde não pode esperar. Determinei a reativação da internação no Hospital Antonio Giglio e a criação de uma central de leitos, além da convocação de 140 médicos para começarem a trabalhar com urgência”, completou.

publicidade
Vistorias 

Rogério Lins tem vistoriado unidades de saúde do município. Na quarta, 11, ele visitou o Pronto Socorro do Jardim Santo e a Unidade de Pronto Atendimento do Jardim Conceição, junto ao secretário de Saúde, José Carlos Vido.

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui