Com volta da torcida, Osasco vence e fica perto de mais uma final do Campeonato Paulista

0
@carol__fotografia / divulgação

As arquibancadas do José Liberatti voltaram a ganhar vida na noite desta terça-feira (5). Cerca de 1.200 torcedores acompanharam no ginásio a vitória Osasco São Cristóvão Saúde sobre o Pinheiros por 3 sets a 0, parciais de 25/21, 25/17 e 25/20, em 1h24min.

publicidade

Com o resultado, a equipe saiu na frente na abertura da semifinal do Campeonato Paulista 2021 e pode carimbar sua passagem para a decisão na sexta-feira (8), quando joga na quadra do adversário. Sem público há 1 ano e sete meses em função de medidas de proteção contra a covid-19, a casa do time mais tradicional do vôlei brasileiro teve uma festa, ainda mais com a estreia das centrais Fabiana e Rachael Adams.

As estreantes da noite não esconderam a alegria ao final da partida. “Estou muito feliz por estar de volta, fazendo o que eu amo. Feliz pela vitória e por essa torcida. Tive a sorte de fazer minha estreia com os torcedores no ginásio. Agora é seguir evoluindo, pensando na outra partida da semifinal para chegar à decisão”, comentou Fabiana.

publicidade

Rachael Adams complementou. “É uma sensação incrível, não só para mim, mas para minhas companheiras e, acredito, para toda a torcida presente no ginásio. Foi uma estreia ótima e estou muito feliz”, afirmou a central que, fez questão de finalizar com um “muito obrigada”, em português.

O técnico Luizomar valorizou a vitória, mas quer mais da sua equipe. “Tivemos os dois primeiros sets bem jogados pelas duas equipes, mas cometemos mais erros no terceiro e precisamos ajustar. Mas isso faz parte da construção de uma grande equipe. Conseguimos uma vitória importante na abertura dos playoffs e foi uma alegria imensa voltar a ver o torcedor vibrando nas arquibancadas”, disse o treinador.

publicidade

O vencedor do confronto entre Osasco e São Cristóvão Saúde encara quem passar no duelo entre Barueri e Sesi Bauru, que fazem a outra semifinal a partir desta quarta-feira.

O jogo

@carol__fotografia / divulgação

O primeiro set foi do jeito que a torcida gosta. Na base da superação, Osasco virou o placar na reta final e, para isso, contou com o tradicional apoio das arquibancadas. As osasquenses correram atrás do Pinheiros desde o início. Adams precisou de uma sequência de três bloqueios para empatar no 9/9. Fabiana atacou no 11/11 e Carla desceu o braço no 21/21. Com Camila Brait afiada, a defesa encaixou. A virada veio em um erro do adversário (22/21), após a líbero não deixar a bola cair. Com uma boa série de saques de Michelle, Fabiana fez 23/21 e Tifanny, com dois ataques seguidos garantiu a vitória: 25/21.

Passado o susto do início da partida e embalado com o final do primeiro set, Osasco dominou a segunda parcial. Com um bloqueio de Adams, o placar pulou para 10/7. Com dois ataques seguidos de Fabiana, outra estreante da noite, as donas da casa abriram cinco pontos (15/10). A diferença foi aumentando. No duplo entre Carla e Adams, Osasco fez 21/13. A vitória, por 25/17, veio com Tifanny, em ataque pela saída de rede.

Carla atacou no 10/5 e bloqueou no 11/5 para garantir a vantagem osasquense no início do terceiro set. Fabíola, com um ace, fez 14/8. Fabiana, na base da largadinha pelo meio, marcou 18/11, forçando o Pinheiros a pedir tempo. Na reta final do set, Luizomar promoveu as entradas da levantadora Kenya e da central Saraelen.

Jogaram e marcaram para o Osasco São Cristóvão Saúde: Fabíola (2), Tifanny (20), Michelle (12), Carla (10), Rachael Adams (7), Fabiana (9) e a líbero Camila Brait. Técnico: Luizomar Moura. Entraram: Silvana, Kenya, Saraelen.

Jogaram e marcaram para o Pinheiros: Carol Leite (2), Edinara (10), Sonaly (6), Larissa (2), Talia (6), Gabi Martins (12) e a líbero Kika (1). Técnico: Reinaldo Bacilieri. Entraram: Daniela Oliveira, Camila Mesquita, Carol Grossi (1), Rosely, Alexia.

Comentários