contra o privilégio

0

Foto: karolina Von Sydow
Foto: karolina Von Sydow

publicidade

Servidores do Judiciário protestaram em frente ao Fórum de Osasco na quarta-feira, 19, contra o auxílio moradia de R$ 4,3 mil a juízes, regulamentado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). O impacto mensal no orçamento do Judiciário será de pelo menos R$ 28,45 milhões e os manifestantes alegam tratar-se de um “novo privilégio a uma classe que já goza de muitos benefícios se comparada a outros profissionais”. Em Osasco, o movimento teve a participação da Associação Paulistas dos Técnicos Judiciários (Apatej).

publicidade
Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVisão Atenta
Próximo artigoCom pressão, Câmara aprova mudança para professores